domingo, 9 de dezembro de 2012

CONCORDÂNCIA VERBAL: REGRAS E EXERCÍCIOS


Concordância verbal é aquela que deve existir entre o verbo de uma oração e o núcleo do sujeito. Quando há um sujeito simples expresso ou não na frase, concorda-se em número e pessoa o verbo com o núcleo desse sujeito. O maior problema ocorre quando temos núcleos compostos com pessoas e números diretentes. Como fazer a concordância nesses casos? Apresentamos a seguir os principais casos onde podem surgir dúvidas. 
CONCORDÂNCIA VERBAL COM O SUJEITO SIMPLES
SITUAÇÃO
COMO FICA O VERBO
EXEMPLO
Situação geral(Regra Geral)
O verbo concorda com o núcleo  sujeito em número e pessoa.
O menino ganhou o brinquedo. (núcleo do sujeito menino está na 3ª pessoa do singular, o verbo fica na 3ª pessoa do singular)
Sujeito formado por expressão partitiva: a maioria, grande parte de, a minoria + um nome no plural
O verbo pode ficar na 3ª pessoa do singular ou ir para o plural.
As maiorias dos jovens não estudam como deveria. / A maioria dos jovens não estuda como deveria.
Sujeito formado por expressão que indica valor aproximado (cerca de, menos de, perto de) + numeral.
O verbo concorda com o numeral.
Cerca de 1% dos eleitores não votou./ cerca de 3% dos eleitores não votaram.
Sujeito formado por pronome de tratamento (vossa excelência, vossa senhoria, vossa santidade)
O verbo concorda, na 3ª pessoa com o pronome.
Vossa senhoria não recebeu o documento?/Vossas Senhorias não receberam o documento?

CONCORDÂNCIA VERBAL COM O SUJEITO COMPOSTO
SITUAÇÃO
COMO FICA O VERBO
EXEMPLO
Núcleos na 3ª pessoa e o verbo depois do sujeito.
O verbo vai para a 3ª pessoa do plural.
Meu pai e meu irmão chegaram de viagem.
Núcleos na 3ª pessoa e o verbo antes do sujeito.
O verbo pode concordar na 3ª pessoa do plural ouu concordar somente com o núcleo mais próximo dele.
Chegaram de viagem meu primo e meu amigo. / Chegou de viagem meu primo e meu amigo.
Sujeito composto resumido por tudo, nada, ninguém.
O verbo fica na 3ª pessoa do singular.
A casa, o sítio, o curral, tudo desapareceu com o tempo.
Sujeitos formados por pessoas gramaticais diferentes (eu/tu/ele)
Se um dos núcleos for eu ou nós.
O verbo fica na 1ª pessoa do plural.
Não havendo eu ou nós.
O verbo fica na 2ª ou 3ª pessoa do plural.

TABELA DE CONJUGAÇÃO VERBAL
SINGULAR
EU
COMPREI
TU
VOCÊ
COMPRASTE
COMPROU
ELE
COMPROU
PLURAL
NÓS
A GENTE
COMPRAMOS
COMPROU
VÓS

VOCÊS
COMPRASTES

COMPRARAM
ELES
COMPRARAM
SEGUINDO A TABELA DA PÁGINA ANTERIOR, COMPLETE AS FRASES ABAIXO COM A FORMA VERBAL ADEQUADA FAZENDO A CONDORDÂNCIA VERBAL. (obs. As questões de 1 a 10 valem 0,2 cada uma)

01.   A empresa _____________ um bom número de funcionários. (Demitir)
02.   Sobre esse assunto, nós ___________ cientes do que vai acontecer. (estar)
03.   A maioria das pessoas __________ celular. (usar)
04.   A gente _________ sabendo da notícia pela TV. (ficar)
05.   Nós ____________ a coisa certa. (fazer)
06.   Naquele dia, tu _________ quantos cadernos? (comprar)
07.   _____________ a Ana Carla e seus amigos muito atrasados. (chegar)
08.   A Ana Carla e seus amigos _____________ muito atrasados. (chegar)
09.   Os professores, tu e eu ____________ pegar livros emprestados. ( poder)
10.   Os professores e tu __________ pegar livros emprestados. (poder)

Leia o texto abaixo para responder as questões. (obs. As questões de 11 a 20 valem 0,4 cada, exceto a 16 que vale 1,4)

UMA AULA QUE LEVA À LUA

O bom exemplo do biólogo que despertou em jovens e adultos o interesse pela ciência ensinando astronomia.

O biólogo Felipe Bandini de Olivceira, 33 anos, integra um grupo raríssimo. Ele está entre o 0,08% dos professores do ensino fundamental brasileiro que enverniza o currículo com um título de doutor. Nascido no interior de são Paulo, Felipe especializou-se em genética, dedicando-se à investigação sobre a evolução do crânio dos macacos _ pesquisa que o fez ficar imerso nos museus de história natural da Europa durante um ano. Voltou ao Brasil sabendo exatamente o que queria: retornar à sala de aula como professor de ciências, carreira que iniciou aos 23 anos inspirado na trajetória dos pais, um físico e uma psicóloga também docentes. Hoje à frente de classes noturnas no Colégio santa Cruz, em São Paulo, ele lida com a complexidade de apresentar conceitos científicos a jovens e adultos de baixa renda nos anos finais do ensino fundamental. Não nivela a turma por baixo. A o contrário: Felipe decidiu ensinar ali astronomia. Falou de Galileu, quebrou crenças levando à escola artigos de publicações respeitadas, projetou no teto da sala o céu estrelado em que se vê o movimento dos astros e proporcionou aos alunos uma experiência única: “Atingi o meu objetivo de despertar o gosto pela ciência”, festeja.
Por esse trabalho, na semana passada ele recebeu o premio Educador Nota 10, concedido pela fundação Victor Civita a dez professores do ensino básico e a um diretor de escola. Felipe foi o destaque do grupo. Suas lições reforçam a ideia de que não é preciso nada de muito mirabolante para dar uma boa aula, só o básico: que o professor domine o assunto e consiga traduzi-lo com entusiasmo que espera ver seus alunos. Fazer isso numa turma que volta a estudar na idade adulta, com tantas lacunas acumuladas, reforça seu mérito. No Brasil, há 5 milhões de jovens e adultos matriculados nas escolas. Seu retorno à sala de aula é bem vindo num pais onde quase um terço da população não conseguem depreender o significado de um texto simples. Entre os jovens, metade não conclui o ensino médio. “Com mais estudo e treinamento profissionalizante, eles podem ajudar a resolver o apagão de mão de obra brasileiro”, diz o especialista Bruno Novelli, da ONG Alfa-Sol. O exemplo do biólogo Felipe Bandoni aponta o caminho.
(Gabriele Jimenez – Revista Veja – 24 de outubro de 2012, p. 110) 


11.   Por que o verbo despertou no subtítulo está na 3ª pessoa do singular e não na 3ª pessoa do plural?
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

12.   O verbo voltou está na 3ª pessoa do singular para concordar com o núcleo do seu sujeito. Escreva abaixo esse sujeito e separe o seu núcleo.
______________________________________________________________________________________________________________________________________________

13.   Por que na frase “Atingi o meu objetivo de despertar o gosto pela ciência” o verbo sublinhado está ma 1ª pessoa do singular?
______________________________________________________________________________________________________________________________________________
14.   No último parágrafo do texto, alteramos a concordância verbal de uma oração de modo a ficar errada. Encontre esse verbo e reescreva abaixo a oração corrigindo o erro.
______________________________________________________________________________________________________________________________________________

15.   Escreva abaixo, copiando da tabela da primeira página, a regra que você usou para corrigir o erro de concordância apontado na questão anterior.
____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

O trecho abaixo foi retirado da obra Capitães da Areia, do escritor baiano Jorge Amado. Ele retrata a fala de personagens de pouca instrução escolar, por isso é comum o desvio das regras de concordância verbal. Analise atentamente para responder as questões.  

O rosto de Pirulito iluminou. Olhou para Dora, falou com a voz exaltada:
_ Tu pensa que eu mereço? Deus é bom, mas também sabe castigar...
_ Por quê? _ Havia espanto na pergunta de Dora.
_ Tu não vê que a vida da gente é cheia de pecado? ... Todo dia...
_ A culpa não é da gente..._ Esclareceu Dora. A gente não tem ninguém.
Mas agora pirulito tinha a ela. A sua mãe. Riu satisfeito:
_ Padre José Pedro também já disse isso. É capaz...
Riu mais, ela sorriu também animado.
_ ... é capaz de que um dia eu seja padre.
_ Tu vai ser, sim.
_ Tu quer esse Deus Menino pra tu? Perguntou ela de repente.

16.   Com base na tabela abaixo, reescreva esse trecho de modo a adequar a concordância do verbo com o sujeito Tu. (vale 1,4 pontos)



PRESENTE DO INDICATIVO – VERBO QUERER  E O VERBO PENSAR
EU
QUERO
PENSO
TU
QUERES
PENSAS
ELE
QUER
PENSA
NÓS
QUEREMOS
PENSAMOS
VÓS
QUEREIS
PENSAIS
ELES
QUEREM
PENSAM
____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
17.   Na frase “A gente não tem ninguém”
·         Substitua “A gente” por Nós, faça a concordância verbal correta.
______________________________________________________________________

18.   Na frase abaixo, faça as duas concordâncias verbais possíveis.
·         _____________ de férias a mulher e seus filhos.
·         _____________ de férias a mulher e seus filhos.
(viajar)
19.   A fé não falta a esse povo.
·         Acrescente a palavra esperança ao sujeito dessa frase.
_____________________________________________________________________________

20.   Sede vós o sal da terra! – Disse Jesus.
·         Substitua “vós” por vocês.
_______________________________________________________________________

CONJUGAÇÃO DO VERBO SER NO MODO IMPERATIVO
----------
EU
TU
SEJA
ELE
SEJAMOS
NÓS
SEDE
VÓS
SEJAM
ELES

CONFIRA AQUI O GABARITO DA ATIVIDADE

Reações:

11 comentários:

  1. Pena que aqui muitos desconhecem a tal concordância verbal e nominal...

    ResponderExcluir
  2. Minha juebs pra vcs

    ResponderExcluir
  3. Ótimo conteudo , parabéns!

    ResponderExcluir
  4. gostaria que me enviasse o gabarito das atividades para a correção com meus alunos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ok, foi falha minha e peço desculpas. O link para o gabarito foi adicionado. Obrigado por acessar nossa página. Estamos formatando outro site onde trataremos somente das questões de língua portuguesa, conheça www.saberportugues.com.br (Ainda estou formatando, já já pode dar uma olhada).

      Excluir
  5. AQUI OS ALUNOS NÃO QUEREM NADA O PROFESSOR MORRE DE EXPLICAR/ MAS OS ALUNOS NÃO DAR NENHUMA ATENÇÃO.

    ResponderExcluir
  6. aqui os alunos ñ são diferente não dão nem importancia principalmente quando há assunto de interesse.

    ResponderExcluir
  7. gostaria do gabarito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para obter o gabarito, basta clicar no link CONFIRA AQUI O GABARITO DA ATIVIDADE que está abaixo da postagem. Obrigado pelo acesso.

      Excluir
  8. Sou professora, e vejo que a cada ano que passa os alunos se tornam mais desinteressados, isso me deixa desmotivada.

    ResponderExcluir

O blogger não publicará postagens anônimas de cunho ofensivo a pessoas físicas. E também não adianta querer detonar o SINTEPP.