domingo, 21 de dezembro de 2014

EMEF HELOISA DE SOUSA CASTRO FAZ BELÍSSIMA FORMATURA DE ALUNOS DO 9º ANO

Bonito trabalho foi realizado ontem pela escola Heloísa de Sousa Castro no bairro Laranjeiras.


A equipe gestora, coordenação e professores da EMEF Heloísa de Sousa Castro estão de parabéns pelo belo trabalho realizado na noite de ontem, dia 20, com os alunos do 9º ano. Foi uma festa de colação de grau num padrão que só se ver em escola particular. 
O evento contou com a participação de alunos dos turnos da manhã e tarde. Sendo prestigiada com a presença de pais e convidados,  a colação teve vários momentos emocionantes. Os formandos cantaram músicas, apresentaram um número de dança e fizeram uma bela homenagem a coordenadora do segundo segmento do ensino fundamental da escola, professora Silvely. 
Professora Áurea, diretora da escola, em seu discurso, destacou a importância da realização de um trabalho como aquele. Incentivou os alunos a continuarem seus estudos e a nunca deixarem de ver a escola como uma família. "Deus me deu apenas um filho biológico, mas me deu mais de mil para que eu cuide e ajude na formação" disse ela emocionada. Todos os professores que se pronunciaram deixaram o convite para que os alunos visitem a escola, nunca deixando de ter a eles, professores, como amigos e parceiros na formação.
Os alunos terão agora um novo desafio pela frente, o ensino médio e as provas de seleção para faculdade, entre elas o ENEM e o PRISE. 
Parabéns aos formandos, parabéns aos pais que ali estiveram, parabéns a todos os professores e funcionários da escola que fizeram esse grandioso evento acontecer. 














segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

AVANÇAR NA UNIDADE PARA AVANÇAR NA LUTA!


Nossa delegação esteve semana passada entre os dias 28 e 30/11 participando do XXI Congresso Estadual dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará cujo tema foi POR UMA EDUCAÇÃO LIBERTÁRIA: A escola pública na ótica de classe. 
O evento teve duração de três dias, várias forças políticas estiveram presentes apresentando suas teses, dentre elas a UNIDOS PRA LUTAR que apresentou a tese AVANÇAR NA UNIDADE PARA AVANÇAR NA LUTA! 
Um dos pontos mais polêmicos discutidos no congresso foi a reabertura da subsede de Belém, desativada desde 2000. Os companheiros daquela municipalidade lutam para ter o direito de reabrir sua subsede, mas isso é impedido a unhas e dentes pela executiva estadual. Formada por um grupo político que se mantem no poder há décadas e não abre mão de manter o controle da arrecadação dos companheiros de Belém, mesmo que para isso tenha que soltar verdadeiros pit buls para tentar intimidar a gritos os companheiros. 
Infelizmente a estratégia desse grupo majoritário no poder, de bancar a ida de delegados sob seus cabrestos, deu certo. Apesar de a maioria dos delegados terem aprovado a reabertura da subsede,  cerca de 55%, seria preciso a maioria absoluta, dois terços dos delegados para que houvesse a mudança no estatuto.
Esse grupo de ditadores da coordenação estadual lançou nota impressa durante o congresso na qual alegava que "a experiência [...] de uma subsede em Belém, aos moldes dos demais municípios" gerou uma duplicidade na base. Segundo eles, os servidores daquele município ficavam confusos sobre quem os representava se a subsede municipal ou a estadual, também instalada na capital. Ora, que argumento mais frouxo esse! Acaso em toda capital de estado não funciona a sede do governo estadual e a prefeitura municipal? Essa não cola, arranjem outro argumento. Não foi dessa vez, mais em 2015 haverá eleições para escolhermos a nova coordenação estadual, para esse caso a maioria simples vale. 




terça-feira, 25 de novembro de 2014

SEMED DEVERÁ CHAMAR 245 SERVIDORES ATÉ O FINAL DE DEZEMBRO


Em documento a ser encaminhado para a secretaria de administração, o secretário de educação, professor Pedro Souza, pede que seja feita a chamada de 245 servidores do concurso realizado em 2010 para suprir vagas na secretaria de educação. Com essa chamada esgotam-se os concursados daquele certame público. Para o provimento de novas vagas, a secretaria já está fazendo levantamento de cargos em vacância para requisitar novo concurso em 2015, informou o secretário. 
Confira abaixo a lista da convocação por cargo, a Semad publicará lista com os nomes dos convocados.

ZONA URBANA
CARGO
NÚMERO A SER CHAMADO
PEDAGOGOS
83
PROFESSOR DE CIÊNCIAS
09
PROFESSOR DE HISTÓRIA
09
PROFESSOR DE LETRAS
25
AGENTES DE SERV. GERAIS
73
AG. DE PORT. DIURNO
20
AG. DE PORT. NOTURNO
20
FONAUDIÓLOGO
02
ZONA RURAL
AG. DE PORTARIA DIURNO
02
AG. DE PORT. NOTURNO
02

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

EM ASSEMBLEIA LOTADA CATEGORIA APROVA PROPOSTA DE IMPLEMENTAÇÃO DE HORA ATIVIDADE


A categoria lotou o auditório da EMEF José Mendonça Vergulino na assembleia de hoje (24). Dentre os pontos de pautas discutidos e aprovados estava a proposta de implementação da hora atividade na rede municipal de ensino. Pela proposta apresentada, já consensual entre Sintepp, CME e Semed, todos os professores da educação infantil, primeiro e segundo segmentos do ensino fundamental e EJA, a partir de janeiro de 2015 passará a ter direito a 20% da sua jornada de trabalho como hora atividade. 
A situação do professor da educação infantil é idêntica ao do professor do primeiro segmento do ensino fundamental, 1º ao 5º ano. Nessas etapas do ensino, o professor é lotado por jornada de 100 e 200 horas mensais. Dessa jornada ele cumprirá apenas 80% em sala de aula, 80 horas para quem tem 100 horas e 160 horas para quem tem 200 horas. Dessa forma o professor ficará em sala de aula de segunda a quinta-feira, na sexta-feira cumprirá sua hora atividade fora de sala, um período na escola e outro em casa. Em 2016 será implementado o restante da hora atividade, e o professor terá direito a 1/3 de sua jornada como hora atividade. 
Para os professores do segundo segmento do ensino fundamental e EJA, a jornada continuará sendo feita por hora-aula. Hoje, por exemplo, o professor com 100 horas aulas em sala de aula cumpre essa jornada em 4 dias, trabalhando 5 aulas por dia, o quinto dia é a folga. Esse dia de folga continuará existindo. A hora atividade será realizada dentro dos 4 dias trabalhados. 
Para que essas mudanças sejam possíveis, é necessário fazer uma readequação curricular. Por exemplo, a disciplina língua portuguesa que hoje possui 5 aulas semanais passará a ter 4 aulas semanais e uma de redação e expressão. Essa mudança é para facilitar a lotação e a montagem de horário. Ninguém perderá turma ou terá que se preocupar com perda de carga-horária. Os diretores não precisam se preocupar em como lotar os professores tudo será mediado pela secretaria de educação. 
Os professores lotados nos laboratórios e sala de leitura passará a ser considerado professor regente, pois receberá alunos e terá que ministrar aulas nesses espaços. Receberá a gratificação de regência e terá também direito a hora atividade. 
Todas essas mudanças valem tanto para a Zona Urbana quanto para a Zona Rural. No caso do professor lotado no Sistema Modular, o coordenador está estudando a melhor forma de garantir esse direito, uma vez que trata-se de um caso especial. Nem sempre o professor trabalha as 200 horas com as quais é lotado. 
Foi um longo período de negociação, cálculos e mais cálculos para chegarmos  a essa proposta. A categoria aprovou em assembleia. Fechamos o ano com a convicção de que cumprimos o nosso papel sindical de fazer a luta em nome da categoria. 

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Mais uma vez convocamos nossa categoria para debatermos assuntos de nosso interesse

Caros Companheiros, 


Conforme divulgamos em postagem anterior, a coordenação do Sintepp reuniu-se com o Conselho Municipal de Educação para debatermos sobre a implementação da hora atividade na rede municipal de ensino já a partir de janeiro de 2015, conforme acordado com a Secretaria Municipal de Educação. Acordo esse, fruto de nossa greve no início desse ano. 
A reunião aconteceu na tarde de ontem, dia 19/11, na sala de reunião do Sintepp. Após longo debate, houve consenso em uma proposta única a ser apresentada na reunião da Comissão que acontecerá amanhã, às 14 horas na Semed. 
Esperamos haver tranquilidade por parte da secretaria de educação em aceitar a proposta que apresentaremos, uma vez que se trata do caminho mais racional para se implementar esse direito. 
É bom lembrar aos companheiros que a Lei de criação do Piso Nacional e demais provimentos legais estabelecem que a jornada de trabalho do professor deve ser dividida da seguinte forma: dois terços em efetivo trabalho com o aluno e um terço como hora atividade. Todavia, a lei não diz como fazer isso na prática. Levando em conta que um terço de 100, por exemplo, é 33,33. Uma turma de língua portuguesa soma-se 25 horas, duas turmas dão 50 horas, esse complicador é gerado em todas as disciplinas. É preciso, portanto, fazer uma readequação curricular e de horários para que possibilite a lotação do professor garantindo-lhe a hora atividade. 
A proposta que formulamos é para garantir esse direito a todos os professores da educação infantil ao EJA, da Zona Urbana e Zona Rural. Estamos prontos para ouvirmos a contra-proposta da Semed se houver. O resultado dessa reunião apresentaremos aos companheiros na Assembleia Geral de segunda-feira, dia 24/11, a partir das 16 horas, no auditório da EMEF José Mendonça Vergulino; durante a qual estaremos tratando também de outros assuntos de interesse da categoria. Portanto, pedimos o comparecimento de todos os nossos companheiros para analisarmos e decidirmos juntos os rumos de nossa luta.   

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

CONVOCATÓRIA ASSEMBLEIA GERAL


segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Prefeitura inicia imprimação para asfaltar ruas do Bairro Araguaia



A Prefeitura de Marabá, cumprindo meta do plano de "Plano de Pavimentação e Qualificação de Vias Urbanas”, dentro do programa “Xô Poaca”, que visa levar pavimentação as áreas mais periféricas do município, deu início na última sexta-feira (14), a imprimação, etapa de preparação para a colocação do asfalto, da Avenida das Torres, principal via do Bairro Araguaia.

A pavimentação traz uma série de outras melhorias, como a valorização de imóveis e melhor qualidade de vida. Moradora da Avenida das Torres há três anos, Elisabete Tavares, 34 anos, conta que não imaginava que o asfalto iria chegar tão cedo no bairro.

“Nós estamos muito felizes com os trabalhos que estão sendo realizados aqui. Imagina quando chegar o asfalto. Não estamos acreditando em tudo isso que está acontecendo”, confessa. A dona de casa diz ainda que a rua em que mora também recebeu iluminação pública há cerca de quatro meses. “A prefeitura realmente está trabalhando pelo nosso bairro”, pondera.

Quem também está feliz com as obras é Maria Eliene Gonçalves Lima, 56 anos. Pioneira no bairro, ela comemora a preparação feita para a chegada do asfalto. “Está tudo indo muito bem, espero que continue assim, a obra está a todo vapor”, avalia a dona de casa, lembrando que quando chegou ao bairro era só mato e agora está chegando o desenvolvimento.

Segundo Antônio Martins, encarregado geral da obra, a imprimação das ruas continuará na próxima quarta-feira (19), caso não chova nesses próximos dois dias. O próximo local a ser asfaltado é o trecho que segue da Avenida das Torres, que dá acesso a Rodovia Transamazônica (BR-230).

Ao total, 60 funcionários estão trabalhando no Bairro Araguaia. Os trabalhos iniciaram o último dia 28 de setembro e a previsão é de que em 15 meses as obras estejam concluídas.

A obra é fruto do convênio entre a Prefeitura de Marabá e a Vale, como compensação pela duplicação da Estrada de Ferro Carajás (EFC). Além do Araguaia, também estão recebendo terraplanagem, drenagem e pavimentação os Bairros Nossa Senhora Aparecida (Coca-Cola), Alzira Mutran, Km 7, São Félix I e II, e a Vila Itainópolis, na zona rural do município.

Outras obras

A prefeitura também realizou outras melhorias recentes no Bairro Araguaia, como a instalação de 600 pontos de iluminação pública, com estrutura de braços de luz, lâmpadas e reatores. Além disso, está prevista para o bairro a construção de um Núcleo de Educação Infantil (NEI), com capacidade para 240 crianças, orçado em R$ 1, 8 milhão.

A creche será executada com a metodologia Light Steel Frame (LSF), que é um sistema construtivo com elementos metálicos para paredes e coberturas, formados por quadros estruturais de perfis leves de aço zincado, fazendo com que a construção seja mais rápida. (Texto: Alessandra Gonçalves/Fotos: Dinho Aires)

SOBRE A IMPLEMENTAÇÃO DA HORA ATIVIDADE NA REDE MUNICIPAL

Em reunião da Comissão de Gestão do Plano de Carreira ,17/11, houve apresentação de três proposta para implementação da hora atividade: da Semed, do CME e do Sintepp. Não houve consenso, próxima reunião será sexta-feira, 23/11. Quarta-feira, (19), Sintepp e CME se reunirão para tirar proposta comum. 


Aconteceu nessa segunda-feira, (17), mais uma reunião da Comissão de Gestão do PCCR. Essa comissão, responsável por fazer os debates sobre a implementação da jornada do professor garantindo a hora atividade, é composta por representantes dos vários segmentos da educação, entre eles o Sintepp o Conselho Municipal de Educação. 
A proposta inicial aprovada em assembleia, que aconteceu no mês de agosto no auditório da EMEF José Mendonça Vergulino, de implementar o sistema de jornada, no qual cada servidor só poderia trabalhar numa rede por turno, com jornada de 100 por turno e no máximo 200 em dois turnos, está sendo rediscutida pela comissão. 
Na reunião de hoje, foi apresentada pela equipe da secretaria de educação uma proposta de mudança curricular para tornar possível a implementação da hora atividade. O CME também apresentou proposta para implementação desse direito com alteração curricular. O Sintepp, representado na comissão pelos coordenadores Wendel Bezerra, Lucimar Tavares e Aurismar Queiroz, ver vários pontos em comum entre a proposta defendida pelo sindicato e aquela apresentada pelo CME, todavia alguns pontos precisam ser discutidos. A ideia é tirar uma proposta que seja consenso entre Sintepp e CME. Para isso ficou marcada uma reunião no Conselho na próxima quarta-feira. A Comissão se reunirá na próxima sexta-feira, dia 21 para chegar a uma proposta final que será apresentada para a categoria em assembleia geral que deverá ser marcada para segunda-feira, dia 23/11.
O Sintepp defenderá aquela proposta que for melhor para a categoria, não tomaremos nenhuma decisão sem antes ouvir nossos companheiros interessados. Defendemos que a hora atividade deva ser igual para toda a rede do 1º ao 9º ano. Dessa forma esperamos contar com a presença em massa dos companheiros na assembleia geral que marcaremos.  
  

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

SEMED PEDE REUNIÃO COM UNIMED

Por telefone, o secretário de educação informou ao blogger e pediu para repassar à categoria, que marcou reunião com representantes da Unimed a fim de discutirem sobre o plano dessa empresa com a prefeitura. O objetivo da reunião, segundo ele informou, será tirar encaminhamento sobre as reclamações que os servidores da secretaria de educação vem fazendo com relação aos aumentos praticados por essa empresa. 
A reunião acontecerá amanhã, 14/11, às nove horas no gabinete do secretário de educação. 

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

PARABÉNS AO DIA DO DIRETOR

HILDECY - DIRETOR DO GERALDO VELOSO
Meus queridos companheiros e amigos diretores e diretoras de escolas, um grande abraço, parabéns pelo seu dia. Em especial aos meus diretores das escolas Acy Barros, professor Fábio Rogério; Geraldo Veloso, professor Hildecy e Irmã Teodora, professora Alda.
Foto: Primeira visita do PGE na escola Liberdade..
FÁBIO ROGÉRIO - CAMISA BRANCA NO CENTRO - DIRETOR DO ACY BARROS

PROFESSORA ALDA - DIRETORA DO IRMÃ TEODORA

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Resultado de Reunião solicitada pelo SINTEPP com a SEMED!



SINTEPP – Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará
SUBSEDE DE MARABÁ

Reunião da Coordenação do SINTEPP
com equipe de gestão da Secretaria de Educação
(06/11/2014)

Caros filiados,

Durante a reunião discutimos 05 pautas: 01. Progressões; 0 2. Hora-atividade; 03. Plano Unimed; 04. Gestão das Escolas e 05. Calendários de Pagamentos.

1. Sobre as progressões, a equipe da SEMED informou que reconhece o direito automático dos servidores de receberem as suas progressões. Mas adiantou que decidiram pagar apenas em janeiro de 2015 para não por em riso o pagamento do Décimo terceiro salário. Informaram ainda que não há qualquer possibilidade de parcelamento do décimo terceiro ou do salário de dezembro. Segundo eles, algumas pessoas de caráter duvidoso, ao invés de trabalhar, passam o tempo todo plantando falsas informações dentro das escolas, estabelecendo uma cultura do pânico dentro do sistema educacional. Conseguimos garantir durante a reunião, que todas as progressões do Nível Médio para o Superior (NEI para NI) serão pagas agora no mês de novembro;

2. Sobre a Hora-atividade, a equipe da SEMED lamentou o problema criado durante a implantação da hora-atividade nas escolas de 1º ao 5º ano, mas disseram que dialogaram com as escolas e esclareceram que a partir de 2015, a hora-atividade será implementada conforme acordada. A SEMED tentou criar uma Comissão Paralela a Comissão de Gestão do PCCR para discutir a hora-atividade dos demais seguimentos, mas a partir da intervenção do SINTEPP, foi garantido que a Comissão de Gestão do PCCR aprovará as propostas de implementação da Hora-atividade a partir de 2015 para todos os seguimentos, EJA, Educ. Infantil e fundamental de 6º ao 9º, tudo conforme já acordado com a categoria.

3. Sobre o Plano Unimed, foi criada uma equipe com 02 representantes do SINTEPP e 02 da SEMED para participar de reunião com Gerência da Unimed Belém, Imperatriz e Fortaleza. Durante a reunião vamos apresentar a quantidade de vidas atendidas pela Unimed Sul do Pará e solicitar uma proposta de Substituição da Unimed Sul do Pará mantendo as carências;

4. Sobre a Gestão das Escolas, durante a reunião o SINTEPP argumentou que a SEMED precisa dialogar mais com a direção das escolas, determinando em comum acordo a autonomia de cada escola e os limites legais. Deixamos claro ao Secretário que não vamos tolerar ameaças contra os diretores e contra os demais servidores da escola. Segundo a SEMED, o calendário letivo é uma garantia do aluno e as escolas precisam cumprir. Segundo o secretário de educação, o Ministério Público está pressionando a SEMED porque está havendo uma verdadeira chuva de denúncias contra escolas que não estão cumprindo o calendário. O Secretário nós entregou uma cópia do último documento encaminhado pelo MPE exigindo a FISCALIZAÇÃO DO CALENDÁRIO ESCOLAR;

5. Sobre o pagamento dos servidores da educação, a SEMED informou que nos últimos meses uma série de direitos foram assegurados, tais como: Aumento por tempo de serviço, Promoção Horizontal, e Progressões Verticais. A garantia desses direitos, segundo a SEMED, elevou bastante a folha de pagamento. Segundo o Secretário, o valor da folha hoje passa dos R$ 11 milhões enquanto que os repasses mensais do FUNDEB estão na casa dos R$ 10 milhões.  Segundo o Secretário, apesar da data limite ser o dia 10 do mês subsequente, eles vão continuar fazendo o esforço possível para pagar antes do dia 05 de cada mês. O Secretário ratificou que está descartada a possibilidade de parcelamento e que os pagamentos por parte da categoria, a exemplo do que aconteceu no mês de outubro, foi uma forma que eles encontraram para iniciar o pagamento com os recursos que já estavam disponíveis da conta do FUNDEB.

Caros filiados, mais uma vez queremos ratificar a importância do nosso Conselho Municipal de Representantes do SINTEPP por Escola. Nos últimos meses, a participação tem diminuído bastante e isso levou a Coordenação do SINTEPP a optar apenas pelas Assembleias. Por ser uma reunião que permite a participação de todos os servidores, a Assembleia não pode ser realizada periodicamente, pois isso pode resultar em problemas para as escolas. Neste sentido, pedimos a todos que reforcem em suas escolas a necessidade e importância deste Conselho para manter a escola informada, evitando assim a disseminação de boatos que em nada fortalecem a nossa categoria. Durante a HP – Hora Pedagógica, informamos que a nossa esquipe do SINTEPP está a disposição para participar contribuindo na FORMAÇÃO dos nossos servidores, basta ligar e agendar na Secretaria do SINTEPP.  


A Coordenação