quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

PAGAMENTO DO ESTADO COMEÇA A SAIR HOJE, MAS AUMENTO DO PISO, NADA!

SEU SILÊNCIO NOS PREOCUPA

O governo estadual divulgou hoje, 27/01, o calendário de pagamento dos servidores estaduais. Como já é de costume, a Secretaria de Educação será a última a efetuar o pagamento dos seus servidores, que receberão na sexta-feira, dia 30/01. Quanto a isso, quem é servidor do estado já está acostumado e não há nenhuma surpresa. A surpresa veio mesmo na hora de consultar o contra-cheque no Portal do Servidor: nada de aumento do piso, nada do 1/6 de férias para o professor
Ligamos para a coordenação estadual do Sintepp em Belém para obtermos alguma informação sobre o fato e conversamos com o Secretario Geral da Estadual, professor Beto Andrade. Ele nos disse que até o momento o governo tem se mantido em silêncio, sem nada divulgar para o sindicato. E que, segundo Beto informou, foram feitas várias tentativas de reunião com equipe da Seduc e representantes do governo para ser discutido o pagamento do aumento do piso salarial, mas até agora, apenas um agendamento para o dia 30, sexta-feira. Caso essa reunião aconteça, na próxima semana, possivelmente dia 06/02, será realizada, em Belém, uma Assembleia Geral, para repassar para a categoria o que foi debatido e negociado com o governo. 
Sobre o não pagamento do 1/6 de férias agora, já no pagamento de janeiro, como esperávamos, Beto explicou que esse pagamento geralmente sai no mês em que o professor entra em recesso, dessa forma devemos recebê-lo no pagamento de fevereiro. Beto explicou ainda que as mudanças dos quadros de segundo escalão da Seduc, que estão sendo efetuadas agora em janeiro tem dificultado o contato direto com aquela secretaria. 
Sabemos que essas negociação de início de ano é absolutamente normal. Como vem primeiro o aumento para depois vir a grana, é natural haver uma negociação sobre como pagar o aumento do piso e garantir o pagamento do 1/6 de férias para o professor. O que nos deixa em alerta é o descaso do governo estadual. O seu discurso lamurioso nos meios de informação é preocupante. Temos que ficar atentos a isso. 
A pior coisa para a Rede Estadual de Ensino, seria o estouro de mais uma greve. O calendário da rede está atrasado, a qualidade do ensino só cai, não há tranquilidade para trabalhar e fazer greve. Falta compromisso do governo com  a qualidade do ensino, quando ele não dá aos trabalhadores da educação o devido respeito. 

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

CONFIRA AS 10 MAIORES NOTAS DE CORTE DO SISU 2015


O processo seletivo do Sisu 2015 começou na última segunda-feira, 19 de janeiro. Durante o período de inscrições, que segue até o final da quinta-feira (22), o Ministério da Educação (MEC) atualiza diariamente as notas de corte de todas as opções de curso, turno e modalidade oferecidas no Sistema de Seleção Unificada.

Desta forma, o MEC é capaz de identificar inúmeras informações a respeito desta edição do Sisu. Na noite de ontem (20), além de divulgar o tradicional balanço com número de inscritos e inscrições, a Assessoria de Comunicação Social da pasta liberou um arquivo com os 10 cursos com as notas de corte mais altas do Sisu 2015, após o encerramento do primeiro dia de inscrições.

O destaque vai para o curso de direito da Universidade Federal Fluminense (UFF), na modalidade de ampla concorrência, cuja nota de corte foi de 827,37 pontos. Confira a lista completa na tabela abaixo:


10 Maiores Notas de Corte do Sisu 2015 – Atualização dia 20/01
Instituição Campus Curso Nota
1) UFF ESCOLA DE ENGENHARIA DE VOLTA REDONDA DIREITO 827,37
2) UFRJ CIDADE UNIVERSITÁRIA MEDICINA 821,64
3) UFRJ CIDADE UNIVERSITÁRIA ENGENHARIA QUÍMICA 814,95
4) UFMG CAMPUS SAÚDE MEDICINA 809,32
5) UFOP CAMPUS MORRO DO CRUZEIRO MEDICINA 809,11
6) UFPE CARUARU MEDICINA 807,69
7) UFU CAMPUS SANTA MÔNICA/REITORIA ENGENHARIA AERONÁUTICA 806,98
8) UFTM HOSPITAL DE CLÍNICAS DA UFTM (HC) MEDICINA 802,58
9) UFRJ PRAIA VERMELHA CIÊNCIAS ECONÔMICAS 801,07
10) UEMS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CAMPO GRANDE MEDICINA 796,99
* Notas de corte divulgadas pelo Sisu à 0h do dia 20 de janeiro de 2015.

É importante esclarecer que, conforme informado pelo próprio MEC, a lista leva em consideração as instituições que ofertam 100% de suas vagas pelo Sisu e que não atribuíram bonificação (políticas afirmativas) às notas dos participantes.

Vale ressaltar ainda que tais notas informadas na tabela provavelmente não serão iguais ao final do processo, uma vez que o sistema é dinâmico e permite que os candidatos alterem suas opções de curso, o que consequentemente deve alterar as notas de corte até o fechamento das inscrições.

EDUCAÇÃO EM ESTADO DE GREVE


Em plenária que aconteceu ontem, a partir das 15 horas, na Sede Campestre Professor Evandro Viana (Club do Sintepp), os trabalhadores em educação da rede municipal de ensino decidiram entrar em estado de greve. Essa medida é um sinal de alerta ao governo municipal de que a categoria está disposta a ir para o embate de rua caso as reivindicações em pauta não sejam atendidas. 
Entre o que se cobra da prefeitura, a principal pauta é a da implementação da hora atividade, direito garantido pela lei do piso nacional e demais provimentos legais. Durante o ano de 2014 foram feitas várias negociações com o governo que se  comprometeu em implementar esse direito já agora em janeiro de 2015. Porém a conversa agora é outra, o prefeito diz não possuir recursos para arcar com o impacto na ordem de 450 mil/mês que a implementação da hora atividade trará a folha da educação. Por outro lado, se compromete em pagar agora, no pagamento de janeiro, o 1/6 de férias dos professores e no mês de fevereiro reajustar o piso conforme o índice anunciado pelo governo federal de 13,01%, pagando o retroativo a janeiro, e, em março retomar as negociações referentes à hora atividade. 
A categoria não aceita essa proposta de jogar para março a questão da hora atividade, quer uma proposta definitiva ainda nesse mês de janeiro. Para isso a secretaria de educação pediu mais três rodadas de negociações, que acontecerão ainda essa semana. Para a próxima semana deverá ser agendada reunião com o prefeito. 
Assim sendo, sexta-feira dia 30/01, faremos outra assembleia para deliberarmos sobre o que foi discutido com o governo municipal. Caso as negociações não saiam a contento, os trabalhadores em educação estão dispostos a deflagrar greve geral na rede municipal de ensino. 
Além desse ponto, na assembleia também foi discutido sobre a portaria de lotação 2015, que no entender do sindicato, tem sido uma arma do governo contra o servidor, principalmente o servidor de apoio. Para reduzir gastos na Semed, o secretário propõe, entre outras medidas, reduzir o número do pessoal de apoio nas escolas. O que sacrificaria mais ainda esse servidor tão penalizado nas escolas. 
É preciso sim tirar as gorduras, porém essa medida tem que ser pautada no mais amplo estudo para que injustiças não sejam cometidas. O sindicato exigiu do secretário de educação, que já na reunião que deve acontecer hoje, 21, entregue relação completa de todos os servidores, principalmente professores, cedidos com ônus para a secretaria de educação para ocuparem cargos em desviu de função em outras secretarias. 
A categoria espera ainda o pronunciamento do prefeito com relação ao aumento do vale alimentação já congelado há mais de dois anos. Segundo a prefeitura, ainda nesse mês de janeiro será anunciado o valor do aumento desse benefício. 
Outro fato que tem causado polêmica é a situação dos secretários de escola. Esses servidores são concursados para o cargo de auxiliar de secretaria e, como tal, devem cumprir uma jornada de seis horas por dia, 180 horas mês. Quando esse servidor assume a função de secretario de escola, recebe uma portaria que lhe dá direito à gratificação de 35% sobre seu salário. Até então esse servidor, que assumia essa função, continuava cumprindo um turno de seis horas. A secretaria de educação passou a ter o entendimento de que, na função de secretário da escola, e não somente como auxiliar de secretaria, o servidor deveria cumprir a jornada de dois turnos de quatro horas, com intervalo para almoço. O Sintepp exigiu que nesse caso se alterasse a lei dobrando a gratificação para o servidor ter um recompensa financeira pela alteração de seu turno de trabalho. A secretaria se propôs a fazer isso, porém a mudança na lei não aconteceu, mas a exigência de cumprimento dos dois turnos de quatro horas está acontecendo. O Sintepp tentará negociar essa situação nas rodadas de negociação. 
A sensação que ficou para a companheirada é de que a prefeitura tem levado o sindicato no "banho-maria", dessa forma exige que se saia desse embrolho. O descontentamento entre os servidores da educação é geral e já se fala num movimento "Fora João!" e "Fora Pedro!". Esperamos não ser preciso chegar a essas vias de fato, vamos aguardar até o final do mês, com as barbas de molho.






segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

OS HOLOFOTES DE BRASILIA NÃO RESOLVERÃO NOSSOS PROBLEMAS

Recebi a matéria abaixo  com pedido de postagem, farei isso como gosto de fazer, pois acho que a informação tem sempre que ser repassada. Todavia, quero tecer comentários sobre o fato, no mínimo austicuiso de nossos políticos locais. 
Primeiramente, leiam a matéira e vejam a foto que recebi.

Prefeito busca melhorias para a Educação em audiência com ministro



O prefeito João Salame (PROS) e o secretário municipal de Educação, Pedro Souza, mantiveram audiência no final da tarde desta segunda-feira (19), em Brasília (DF), com o ministro Cid Gomes, da Educação, quando falaram das demandas do setor em Marabá.
Acompanhados dos deputados Dirceu ten Caten (PT), estadual, e Beto Salame (PROS), federal, e do vereador Miguel Gomes Filho (PP), o prefeito e o secretário de Educação falaram da necessidade da construção de mais escolas nas zonas urbana e rural de Marabá, assim como escolas de tempo integral, creches, mobiliário para escolas e creches, carteiras escolares, mais ônibus escolares para a zona rural, salário-educação e aumento no repasse das verbas do setor para o município.
O ministro ouviu as reivindicações, recebeu um relatório no qual todas estão listadas detalhadamente, elogiou a iniciativa do prefeito de Marabá e dos políticos que o acompanharam, que buscam melhorias para um setor tão importante no desenvolvimento humano, e prometeu que no mínimo espaço de tempo dará um retorno a João Salame.

Na oportunidade, o prefeito convidou Cid Gomes e estendeu o convite à presidente Dilma Rousseff para a inauguração de três das 22 creches que estão em construção no município. (Ascom PMM)

Essa viagem, nesse momento de embate, é estratégica para o preparo do discurso do prefeito, caso seja deflagrada greve pela categoria. Certamente esse será o seu melhor argumento, deverá falar com certeza à imprensa local Estamos buscando solução, fomos à Brasilia e conversamos com o ministro da educação. O ministro pode intervir no que na situação local? O problema do município de Marabá, como já dissemos, é de renúncia fiscal. Marabá deixa de arrecadar impostos importantíssimos para aumentar a receita e canalizar mais recursos para a educação. A arrecadação hoje anda longe dos 15 milhões mês, quando deveria  ser algo próximo dos 50 milhões ao mês. À educação são jogados migalhosos 1,5 milhão mês, quando muito; sendo que poderíamos estar recebendo no mínimo algo próximo aos 10 milhões ao mês, se somado aos recursos do FUNDEB...
 O prefeito está comprando uma briga com a categoria para não mexer com o empresariado local, que, em boa parte, sonega impostos. Temos dados suficientemente comprobatórios de que se nosso município fizesse o que deve ser feito, a secretaria de educação estaria longe de enfrentar a crise que ai está. 
Não adianta sonharmos com grandes projetos, ALPA, Hidrovia, Hidroelétrica, isso não resolverá o problema financeiro de nosso município, caso não haja vontade política para estruturar o serviço dos auditores fiscais de Marabá. Ficaremos sim com mais problemas na área social, ambiental e de segurança. 
Há em Marabá uma eterna relação de paternalismo entre os prefeitos e os empresários, isso não começou agora, nem tem rumo de se estinguir. Todavia, companheiros, essa é a sangria da educação. Porém, parece que o prefeito prefere buscar os holofotes de Brasília levando consigo um grupo de "renomados" políticos locais. 
Essa não é a solução, não era isso que esperávamos de vocês: João, Pedro, Miguel, Beto e o rebento dos Ten Caten.

VAMOS LÁ NA ASSEMBLEIA, COMPANHEIROS, É HORA DE DECISÃO


Caros amigos e filiados do SINTEPP,

Até o momento não tivemos nenhuma reunião com o Governo Municipal. Sabemos que o Prefeito e o Secretário de Educação já se pronunciaram na imprensa informando que deverão propor mudanças na SEMED cujo o objetivo é reduzir o valor atual da folha de pagamento da SEMED. Isso tem criado diversos rumores, tais como: o corte da gratificação de regência e a redução da gratificação de mestrado e doutorado, porém até agora não há nada de oficial. Mas sabemos, que quando isso acontece sempre somos nós, servidores de carreira, quem mais sofremos as consequências. Exemplo disso é o que já vem acontecendo com as serventes e agentes de portaria que estão sendo remanejados de suas escolas. Justamente os que menos ganham e os que mais precisam. 
Nossa coordenação, conforme mensagem anterior, já aprovou em reunião da diretoria que não aceitará ataques aos direitos dos trabalhadores! As medidas administrativas do Governo devem estar direcionadas a aumentar suas receitas e a reduzir contratações desnecessárias. Qualquer coisa diferente disso resultará no movimento radicalizado dos trabalhadores. 
O Governo já deixou claro que, caso o Sintepp e a categoria decidam radicalizar, que está disposto a debater diretamente com a sociedade, mas neste debate, acreditamos que estamos mais preparados. Pois o povo também está padecendo com a falta de recursos para obras de saneamento e com a falta de saúde pública e de qualidade. 
Queremos deixar claro para a nossa categoria e para a sociedade que a educação não é problema, somos a solução.


Contamos com a participação de todos amanhã (20/01/2014, às 15 horas) em nossa Assembleia.

Não esqueçam "o Sintepp somos nós, nossa força nossa voz"

sábado, 17 de janeiro de 2015

Treineiros no Enem 2014 Podem Fazer Inscrição no Sisu?

Com a aproximação das inscrições do Sisu 2015, que começam na próxima segunda-feira (19), muitos leitores que prestaram o Exame Nacional do Ensino Médio do ano passado como treineiros têm nos enviado e-mails perguntando se podem ou não se inscrever no Sistema de Seleção Unificada para concorrer a vaga em universidades públicas.

Primeiramente é importante entender que são considerados candidatos treineiros no Enem ou em qualquer vestibular aqueles que NÃO irão concluir o ensino médio no em questão, no caso 2014. Em outras palavras, são estudantes que ainda estão cursando o primeiro ou segundo ano desta etapa e prestaram o exame para ganhar experiência.

Retornando a pergunta do título deste artigo, a resposta é SIM, aqueles que prestaram o Enem 2014 como treineiros poderão fazer sua inscrição e participar do Sisu. Entretanto, caso sejam aprovados para uma de suas opções de curso, não poderão cursar a instituição de ensino que os convocou. Isso porque um dos documentos exigidos no momento do registro acadêmico é justamente o diploma do Ensino Médio, o qual ainda não possuem.

De qualquer maneira, nossa recomendação é para que tais participantes realizem sua inscrição no sistema entre os dias 19 e 22 de janeiro e procurem, durante este período, navegar no Sisu e experimentar trocar opções de curso e analisar notas de corte e classificação parcial.

Desta forma, poderão entender o funcionamento e a lógica do sistema e, quando forem concorrer às vagas para valer já com o certificado do ensino médio em mãos, terão mais experiência e sabedoria para explorar as possibilidades do Sisu.

Para compreender os passos detalhados para inscrição no Sistema do Ministério da Educação, baixe gratuitamente nossoManual do Sisu 2015.


Portal infoEnem prepara Apostilas para o Enem 2015 Artigo Original: Treineiros no Enem 2014 Podem Fazer Inscrição no Sisu? Baixe gratuitamente o e-Book: Manual do Sisu 2015 / Manual do Prouni 2015



O post Treineiros no Enem 2014 Podem Fazer Inscrição no Sisu? apareceu primeiro em .


UFMT Ofertará 5,9 Mil Vagas no Sisu 2015

Posted: 16 Jan 2015 03:12 AM PST


No dia 8 de janeiro a Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT) tornou público o edital de adesão ao Sisu 2015, o qual regulamenta a oferta de 5.933 vagas para 98 cursos, nos campi de Cuiabá, Rondonópolis, Sinop, Araguaia e Várzea Grande.

Do total de vagas, 50% de cada opção de curso foi destinado ao sistema de cotas. Confira o número de oportunidades reservada para cada modalidade de cota social/racial:
Candidatos com renda familiar bruta igual ou inferior a 1,5 salário mínimo que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas – 538 vagas


Estudantes autodeclarados pretos, pardos ou de descendência indígena, com renda familiar igual ou inferior a 1,5 salário mínimo e que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas – 990 vagas


Participantes que, independentemente da renda tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas –521 vagas


Concorrentes autodeclarados pretos, pardos ou de descendência indígena que, independentemente da renda tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas – 943 vagas


E por fim, optantes do sistema universal, a ampla concorrência – 2.941 vagas

O edital também informa os pesos das cinco notas do concorrente no Enem 2014 para cálculo da pontuação final em cada curso oferecido pela instituição no sistema.

Vale lembrar que o cronograma com todas as etapas do processo seletivo de 2015 do Sisu já foi divulgado pelo MEC e pode ser visto nesta matéria. As inscrições começam na próxima segunda-feira (19).

A UFMT é uma das universidades que mais disponibiliza vagas nesta primeira edição do Sistema de Seleção Unificada. Para consultar todas elas bem como outros detalhes a respeito de sua participação no sistema, veja este Edital.


Portal infoEnem prepara Apostilas para o Enem 2015 Artigo Original: UFMT Ofertará 5,9 Mil Vagas no Sisu 2015 Baixe gratuitamente o e-Book: Manual do Sisu 2015 / Manual do Prouni 2015



O post UFMT Ofertará 5,9 Mil Vagas no Sisu 2015 apareceu primeiro em .



quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

BARROCO POEMAS DE GREGÓRIO DE MATOS GUERRA COBRADOS NO PRISE/PROSEL



POEMAS LÍRICOS



Ofendi-vos, Meu Deus, bem é verdade,
É verdade, meu Deus, que hei delinqüido,
Delinqüido vos tenho, e ofendido,
Ofendido vos tem minha maldade.

Maldade, que encaminha à vaidade,
Vaidade, que todo me há vencido;
Vencido quero ver-me, e arrependido,
Arrependido a tanta enormidade.

Arrependido estou de coração,
De coração vos busco, dai-me os braços,
Abraços, que me rendem vossa luz.

Luz, que claro me mostra a salvação,
A salvação pretendo em tais abraços,
Misericórdia, Amor, Jesus, Jesus.



PEQUEI, SENHOR....

Pequei, Senhor, mas não porque hei pecado,
de vossa alta clemência me despido;
porque quanto mais tenho delinqüido,
vos tenho a perdoar mais empenhado.

Se basta a vos irar tanto um pecado,
a abrandar-vos sobeja um só gemido:
que a mesma culpa, que vos há ofendido,
vos tem para o perdão lisonjeado.

Se uma orelha perdida e já cobrada,
glória tal e prazer tão repentino
vos deu, como afirmais na sacra história,

eu sou, Senhor, a ovelha desgarrada,
cobrai-a; e não queirais, pastor divino,
perder na vossa ovelha a vossa glória.







Ó TU MEU AMOR TRASLADO...
Ó tu do meu amor fiel traslado
Mariposa entre as chamas consumida,
Pois se à força do ardor perdes a vida,
A violência do fogo me há prostrado.

Tu de amante o teu fim hás encontrado,
Essa flama girando apetecida;
Eu girando uma penha endurecida,
No fogo, que exalou, morro abrasado.

Ambos de firmes anelando chamas,
Tu a vida deixas, eu a morte imploro
Nas constâncias iguais, iguais nas chamas.

Mas ai! que a diferença entre nós choro,
Pois acabando tu ao fogo, que amas,
Eu morro, sem chegar à luz, que adoro.



EM HORROR DESTA LMUDA SOLEDADE

Queyxa-se de que nunca faltem penas para a vida,
faltando a vida para as mesmas penas.

Em o horror desta muda soledade,
Onde voando os ares a porfia
Apenas solta a luz a aurora fria,
Quando a prende da noite a escuridade.

Ah cruel apreensão de uma saudade,
De uma falsa esperança fantasia,
Que faz que de um momento passe o dia,
E que de um dia passe à eternidade!

São da dor os espaços sem medida,
E a medida das horas tão pequena,
Que não sei, como a dor é tão crescida.

Mas é troca cruel, que o fado ordena,
Porque a pena me cresça para a vida,
Quando a vida me falta para a pena.

POEMAS SATÍRICOS

FREI ANTÃO DE SOUSA MENESES

Senhor Antão de Sousa de Meneses,
Quem sobe a alto lugar, que não merece,
Homem sobe, asno vai, burro parece,
Que o subir é desgraça muitas vezes.

A fortunilha autora de entremezes
Transpõe em burro o Herói, que indigno cresce
Desanda a roda, e logo o homem desce,
Que é discreta a fortuna em seus reveses.

Homem (sei eu) que foi Vossenhoria,
Quando o pisava da fortuna a Roda,
Burro foi ao subir tão alto clima.
Pois vá descendo do alto, onde jazia,
Verá, quanto melhor se lhe acomoda
Ser home em baixo, do que burro em cima.



QUE ME QUER O BRASIL

Que me quer o Brasil, que me persegue?

Que me querem pasguates, que me invejam?

Não vêem, que os entendidos me cortejam,

E que os Nobres, é gente que me segue?



Com o seu ódio a canalha, que consegue?

Com sua inveja os néscios que motejam?

Se quando os néscios por meu mal mourejam,

Fazem os sábios, que a meu mal me entregue.



Isto posto, ignorantes, e canalha

Se ficam por canalha, e ignorantes

No rol das bostas a roerem palha.



E se os senhores nobres, e elegantes

Não querem que o soneto vá de valha,

Não vá, que tem terríveis consoantes.







sábado, 3 de janeiro de 2015

RETIFICAÇÃO SOBRE AUMENTO DO PISO SALARIAL

CID GOMES - NOVO MINISTRO DA EDUCAÇÃO

A internet é mesmo uma fonte inesgotável de informações e especulações. Justamente por isso ninguém deve confiar cegamente na primeira fonte que encontra sobre determinado fato. O blogger já tão escaldado nessa área cometeu um erro crasso, confiei numa fonte até então tida por mim como infalível, ou bastante confiável, que divulgou o valor do novo aumento do Piso Salarial do Magistério. A tal fonte dizia até quanto ficaria o valor para 200 horas. 
Com base nisso repassei a informação, fiz uma simulação para o salário do professor iniciante e me propus a criar simulação do salario dos demais professores com base em seu nível de carreira e classe. 
Depois de feita a postagem, e muito divulgada nas redes sociais pelos meus leitores, é que confirmei o que passei a desconfiar,isso não era uma informação, mas apenas especulação, como muitas que se tem na rede. Eu acredito que o índice de 13,01% seja de fato confirmado pelo novo ministro da educação Cid Gomes, porém, segundo declarações feitas, ontem dia 02 pelo novo ministro, esse valor só será definido na próxima semana. 
A mim, resta vestir a carapuça da humildade e dizer que me equivoquei no afã de acertar. Errei na convicção de que estava acertando. Assim que o valor for definido, farei o que prometi na postagem anterior.  

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

CONFIRMADO O VALOR DO NOVO PISO SALARIAL DO MAGISTÉRIO


Confirmado o aumento do piso salarial será de 13%, o valor do piso para 200 horas a partir de janeiro de 2015 será de R$ 1.917,00. Na rede municipal de Marabá, para o professor iniciante o valor do piso é acrescido de 50% de nível superior mais 15% de regência, o que dá um salário de R$ 3.306,82. Em breve faremos projeção de como ficará o salário dos companheiros nos diversos níveis com esse aumento. 

AOS LEITORES DO GAZETANDO UM FELIZ 2015!


O ano de 2015 vem e promete muita luta! Estaremos como sempre do lado de cá teclando e informando tudo o que for do interesse da categoria. Um grande abraço a todos, feliz 2015, muitas festas nessa virada e obrigado por acessar nossa página.

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

SAI PREVISÃO DO FUNDEB/2015 PARA MARABÁ

NÃO ESTAMOS EM CRISE, MAS O MAR NÃO É DE ROSAS


Todo final de ano o governo anuncia a previsão de recursos do Fundo de Manutenção da Educação Básica e Valorização do Profissional da Educação - FUNDEB que cada município receberá por ano. Essa previsão é importante porque é com base nela que os prefeitos juntamente com seus secretários de educação planejam os gastos com essa pasta durante o ano. É por essa data também que é definido o aumento do piso salarial nacional do magistério. 
Para o ano de 2014, Município de Marabá receberia 136 milhões de reais do Fundo, segundo a estimativa feita no final de 2013. A última parcela já caiu totalizando um montante de quase 141 milhões de reais. Até agora a previsão sempre tem fechado para mais. Para o ano de 2015, a previsão é que Marabá receba em torno de 155 milhões de reais. Esse valor dividido por 13 folhas de pagamento (doze meses de salários mais o 13º) e meia (1/3 de férias mais 1/6 de férias) dá um valor aproximado de 11,5 milhões ao mês, soma-se a esse valor os 25% de recursos próprios (verdadeira caixa preta) que o município é obrigado a gastar com a educação.
 Com o anúncio de Brasília sobre o valor do salário mínimo, que ficou 8,84% mais caro, indo de 724 reais para míseros 788,06 reais, é possível estimar um percentual de aumento para o piso salarial. Como o aumento do piso sempre tem ficado um pouco acima do mínimo, as bondosas previsões de 13,01% devem ser confirmadas. 
Esse índice jogará a folha da educação próxima dos 13 milhões mês. A secretaria de educação precisará sanar gastos desnecessários. É preciso ver onde há gente batendo testa com testa e cortar o excesso. Outra saída é o prefeito tomar medidas sérias e antipopulistas com empresários que se beneficiam da ineficiência da arrecadação fazendária municipal  para melhorar a capitação  de recursos irrisória do município de Marabá, isso canalizaria mais recursos para a educação e tiraria a Semed da forca que ela se encontra. 
Não há crise, mas o caminho é estreito e a porta é pequena. Não há espaço para erros e amadorismos, como os que foram cometidos no início da gestão desse governo; quando a secretaria de educação estava nas esfaceladas mãos do PT. 
Não aceitaremos jamais que os avanços de nosso plano de carreira sejam tidos como o princípio das dores, o mal do século, como erros que precisam ser reparados. Nem aceitaremos que nos neguem direitos garantidos em leis federias. 

SEM SALARIO E SEM 13º - SITUAÇÃO COMPLICADA DOS SERVIDORES EM JACUNDÁ


Mais uma vez os servidores da educação do município de Jacundá (PA) terão que tomar a difícil decisão de enfrentamento do governo do PT naquele município. Aconteceu lá o que nos assombrou por aqui em Marabá, os trabalhadores municipais não receberam seu 13º salário, nem há previsão de pagamento do salário do mês de dezembro. 
Segundo informa na página do facebook a coordenadora geral da subsede do Sintepp em Jacundá, professora Cirlene Cabral, todos os servidores estão aguardando ansiosos por uma notícia sobre o pagamento do salário de dezembro e do 13º salário. Em sua fala, Cirlene Cabral desabafa "Por incrível que pareça a gente não vê um vereador, um político, um assessor postando uma crítica. E isto nos aborrece mais, pois infelizmente são eles que poderiam fazer alguma coisa, mas preferiram abandonar a própria sorte os funcionários públicos. Só nos restam então pensar que todos, todos mesmo são os grandes responsáveis por este absurdo. Por ter ajudado a encharcar a folha de pagamento com contratos desnecessários ou por fechar os olhos e ouvidos e fingir que não ouviu ou sabia de nada, mesmo após as denúncias do Sintepp. É o que parece, caso contrário iriam pelo menos se manifestar." . Lamentamos profundamente a situação pela qual nossos companheiros de Jacundá estão passando. 
No começo  desse ano os trabalhadores da educação daquela municipalidade fizeram uma das maiores greves já vista no município, que durou de 24 de fevereiro a 10 de março, quando foi assinado um acordo judicial após a intervenção do procurador Jurídico do SINTEPP e do Coordenador Geral do SINTEPP da Regional Sudeste. 
Mas, pelo visto, o prefeito Dino Altoé (PT-JACUNDÁ) prefere ir para o enfrentamento com a categoria mais uma vez. Todavia, o Sintepp ainda possui uma carta na manga e não pode abrir mão dela: por conta da greve no começo de 2014, o ano letivo só terminará em 21 de janeiro de 2015, segundo informou Francirlene Rocha, também coordenadora geral daquela subsede. Não vejo outra estratégia senão chamar a categoria para uma assembleia geral no retorno do recesso e deflagrar greve, conjuntamente com isso entrar com um pedido de Mandando de Segurança, uma vez que se está ferindo o direito liquido e certo dos servidores receberem o 13º salário até o dia 20 de dezembro, conforme reza a lei.  

domingo, 21 de dezembro de 2014

EMEF HELOISA DE SOUSA CASTRO FAZ BELÍSSIMA FORMATURA DE ALUNOS DO 9º ANO

Bonito trabalho foi realizado ontem pela escola Heloísa de Sousa Castro no bairro Laranjeiras.


A equipe gestora, coordenação e professores da EMEF Heloísa de Sousa Castro estão de parabéns pelo belo trabalho realizado na noite de ontem, dia 20, com os alunos do 9º ano. Foi uma festa de colação de grau num padrão que só se ver em escola particular. 
O evento contou com a participação de alunos dos turnos da manhã e tarde. Sendo prestigiada com a presença de pais e convidados,  a colação teve vários momentos emocionantes. Os formandos cantaram músicas, apresentaram um número de dança e fizeram uma bela homenagem a coordenadora do segundo segmento do ensino fundamental da escola, professora Silvely. 
Professora Áurea, diretora da escola, em seu discurso, destacou a importância da realização de um trabalho como aquele. Incentivou os alunos a continuarem seus estudos e a nunca deixarem de ver a escola como uma família. "Deus me deu apenas um filho biológico, mas me deu mais de mil para que eu cuide e ajude na formação" disse ela emocionada. Todos os professores que se pronunciaram deixaram o convite para que os alunos visitem a escola, nunca deixando de ter a eles, professores, como amigos e parceiros na formação.
Os alunos terão agora um novo desafio pela frente, o ensino médio e as provas de seleção para faculdade, entre elas o ENEM e o PRISE. 
Parabéns aos formandos, parabéns aos pais que ali estiveram, parabéns a todos os professores e funcionários da escola que fizeram esse grandioso evento acontecer.